Nova solução LIQUI MOLY para troca do filtro de gasóleo

O filtro de gasóleo é uma das peças tipicamente sujeitas a manutenção que tem de ser mudada com regularidade.

São os fabricantes de automóveis que determinam os intervalos e, geralmente, o filtro é substituído no âmbito de uma revisão. O especialista alemão em óleos e aditivos LIQUI MOLY desenvolveu um aditivo que não pode faltar numa mudança de filtro profissional.

Durante a substituição do filtro de gasóleo, é fundamental assegurar que não entra ar no sistema, caso contrário, deixa de ser possível acumular pressão e o desgaste na bomba de injeção aumenta consideravelmente. Por sua vez, a proteção da bomba assume um papel importante nos motores Diesel.

Regra geral, o combustível é injetado com uma pressão de 2.000 bar. Por isso, o filtro tem de estar cheio com líquido. Normalmente, trata-se de 300 mililitros de gasóleo. As oficinas não contabilizam estas quantidades, mas, no final do ano, os custos são significativos.

A LIQUI MOLY resolve este problema com o Pro-Line Diesel Filter Additiv. O novo produto para profissionais é colocado diretamente no filtro de gasóleo. "Aí, o aditivo tem um efeito concentrado e limpa, imediatamente, o sistema de injeção e os injetores", explicou David Kaiser, diretor da Unidade de Investigação e Desenvolvimento da LIQUI MOLY.

O aditivo também contém um lubrificante auxiliar, importante para o caso de haver bolhas de ar no sistema, que podem destruir a película lubrificante do óleo. O lubrificante auxiliar evita este processo.

Por seu lado, o reforço do índice de cetano, igualmente contido no aditivo, reduz as irregularidades e otimiza o arranque do motor. Em termos gerais, com este produto, o motor tem um funcionamento mais suave. A maioria dos filtros de gasóleo tem capacidade para 300 mililitros. O resto da lata de 500 mililitros é colocado no depósito, continuando a limpar o sistema com uma dosagem reduzida durante um período de tempo mais prolongado.

Para as oficinas, o Pro-Line Diesel Filter Additiv é mais uma possibilidade de gerar lucros adicionais e de, simultaneamente, reforçar a fidelização dos seus clientes.

Para tal, é possível vender o aditivo como um novo elemento integrante dos seus serviços de revisão e como um contributo para que a combustão do gasóleo no motor seja mais eficiente e, a longo prazo, para que o motor dure mais. "Além disso, uma oficina pode destacar-se da concorrência oferecendo uma limpeza do gasóleo", acrescentou David Kaiser.