Tecniverca inaugurou instalações no Porto

Com a inauguração de uma filial no Porto, a Tecniverca expande o negócio na zona norte do país e aumenta a proximidade aos clientes. Localizada na Zona Industrial do Porto, perto dos principais concessionários de automóveis (Rua Eng.° Ferreira Dias, n.º 444, Armazém 4), a nova filial conta com 2.000 m2 de área, que incluem um show room, receção, armazém e serviços técnicos.

"Sendo o mercado do Porto muito forte para a Tecniverca, sentimos necessidade de estar mais perto dos clientes. Hoje, as entregas são feitas no próprio dia e só estando presente com instalações próprias conseguimos ter o stock e o atendimento necessários para satisfazer os pedidos dos clientes", destaca Alexandre Corricas, gerente da Tecniverca.

Para oferecer o mesmo nível de serviço que tem nas zonas centro e sul, a empresa contratou dois técnicos para a filial do Porto. Agora, todas as reparações e operações de manutenção são realizadas por técnicos próprios, que garantem um serviço mais rápido e eficiente.

No amplo show room, os clientes podem ver e experimentar os equipamentos e ferramentas, assim como conhecer novos produtos. No dia da inauguração, foi apresentada uma nova marca de geradores de origem norte-americana, denominada Champion, concebidos para o setor das oficinas automóvel, assim como novos acessórios da Laser, nomeadamente novos bujões de óleo descartáveis e kits de reparação de tubos de gasolina.

A marca própria de equipamentos Hyprel, também está bem representada com vários macacos hidráulicos e máquinas de limpeza de peças. A boa relação preço/qualidade tem contribuído para a grande procura destes equipamentos, cuja produção vai aumentar, assim como diversificar a gama.

A filial do Porto comercializa todas as marcas e linhas de produto que a Tecniverca dispõe na sua sede, na Moita. "Toda a gama de produtos que temos na sede encontra-se, também, na filial do Porto. Mas ainda estamos numa fase de conhecimento do mercado e das suas necessidades. Neste momento, 70% do portefólio de produtos está em stock e as faltas são colmatadas de um dia para o outro", refere Alexandre Corricas.

Arrow
Arrow
Full screenExit full screen
ArrowArrow
Slider