Vidro dos smartphone pode chegar aos automóveis

O Gorilla Glass, nome pelo qual é conhecido o vidro utilizado nos ecrãs de praticamente todos os smartphones, pode vir também a ser utilizado na indústria automóvel, já que permite obter vantagens na eficiência por ser mais leve.

Este material foi já utilizado, por exemplo, na separação entre o habitáculo e o compartimento do motor do BMW i8, bem como no concept Lighweight Fusion da Ford, com a marca americana a ser uma das que investiga a viabilidade deste material.

Apesar das preocupações existentes de momento relativamente à proteção que o Gorilla Glass pode oferecer, bem como ao seu custo superior, este material pode significar uma redução entre 25% e 30% no peso das diversas janelas e vidros do automóvel.

Embora possa representar apenas alguns quilos a menos nos automóveis, todas as melhorias alcançadas neste campo são importantes para cumprir os limites de emissões, pois os reflexos nos consumos podem não ser assim tão significantes. Pode representar uma diminuição mais significativa no que se refere às emissões de CO2 para a atmosfera.