“Tento estar um passo à frente”

Há cinco anos atrás a Mann+Hummel Ibérica decidiu contratar Hélder Pereira como responsável da marca Mann-Filter para o mercado português. Foi uma aposta ganha, que se tem refletido no aumento da notoriedade da marca e crescimento das vendas.

Hélder Pereira define toda a estratégia da marca Mann-Filter para o mercado Português e acompanha os distribuidores no seu dia-a-dia e na abordagem do produto nos seus clientes. São da sua responsabilidade as áreas de negócio dos filtros para viaturas de turismo e motos, veículos pesados e indústria. Tenta ser pró-activo e estar sempre um passo à frente com as suas decisões.

Em setembro, faz cinco anos que está como country manager da Mann+Hummel Portugal. Que balanço faz deste trabalho?
Esta a ser um balanço positivo tanto a nível pessoal, pela aposta à mudança que fiz e a nível profissional pelo reto que me foi proposto e pelo que já conseguimos fazer no mercado com a Marca Mann-Filter.

Que estratégia adoptou para o nosso mercado?
Foi uma planificação definida tendo em conta a experiência que tenho do mercado Português do IAM e o que o fabricante procurava como objectivos de consolidação da marca Mann-Filter no mercado português. Procuramos acima de tudo uma maior notoriedade da marca Mann-Filter à qualidade premium que ela tem no seu ADN.

A estratégia de ter um representante próprio no mercado deu os resultados que estavam previstos?
A presença in loco da marca com um responsável conhecedor do mercado leva a uma abordagem mais profissional e constante de acompanhamento do mercado, e isso foi o que a Mann+Hummel procurou com essa alteração de estrutura.

Como carateriza os filtros Mann+Hummel e quantas referências têm em catálogo?
Qualidade premium de primeiro equipamento e a máxima fiabilidade em todos os nossos produtos. Temos mais de 4.300 referências ativas e no ano de 2016 lançamos mais de 100 referências.

Como caracteriza o mercado de filtros em Portugal nos dias de hoje?
Creio que hoje está menos atomizado pelo desaparecimento de algumas marcas low-cost, onde o factor preço era o diferenciador. Hoje o mercado aprecia o chamado “valor percebido” dos produtos onde se valoriza a qualidade e fiabilidade e não apenas o preço.

Que desenvolvimentos tem havido na concepção e fabrico dos filtros Mann+Hummel?
Os filtros Mann+Hummel seguem a dinâmica do desenvolvimento do primeiro equipamento, isto quer dizer que estamos na vanguarda desse desenvolvimento e oferecemos ao mercado esses produtos.

Lançaram recentemente o filtro de habitáculo Frecious Plus. Quais as principais caraterísticas deste filtro e o que o distingue dos concorrentes?
Consiste num filtro de 3 etapas: 1ª etapa protege contra as partículas; 2ª etapa protege contra as partículas + gases / odores;  3ª etapa protege contra as partículas + gases / odores + barreira biofuncional. Trata-se de um filtro de habitáculo inovador, com parâmetros superiores aos requeridos pelo primeiro equipamento e prova disso é que este é já um produto solicitado pelo primeiro equipamento, mesmo não tendo sido desenvolvido para ele.

Que tipo de filtros tem mais potencial de crescimento?
São os filtros de habitáculo, pela questão da saúde das pessoas, pois cada vez mais as alergias são motivo de preocupação devido às emissões de gases e meio ambiente.

Onde são fabricados os filtros Mann+Hummel comercializados no mercado português?
O Grupo Mann+Hummel tem mais de 70 Fábricas distribuídas pelo mundo e cada uma delas aporta filtros para o mercado global, isto quer dizer que os filtros que vendemos em Portugal ou noutro qualquer país podem ser fabricados numa qualquer destas fábricas, sempre com os mesmos parâmetros de qualidade premium que nos distingue como marca de primeiro equipamento.

Como caracteriza o vosso serviço, logística e apoio técnico?
A logística é de extrema importância e cada vez mais um factor diferenciador dos demais. Neste campo procuramos uma melhoria contínua, seja com a disponibilidade de produto, seja com o envio e “tracking” do mesmo desde a nossa plataforma logística em Saragoça, até aos nossos clientes. É uma área em constante evolução e nós Mann+Hummel procuramos estar sempre nessa vanguarda.
Em relação ao apoio técnico, desde a primeira hora da minha entrada na Mann+Hummel que essa foi uma questão de importância máxima, e isso faz com que tenhamos formações técnicas todos os anos e com um processo de evolução e acompanhamento  que vai desde a formação interna aos nossos clientes / distribuidores, passando numa segunda fase pelo retalho / lojas de peças, até ao último passo da cadeia que são as oficinas.

Quantos distribuidores Mann+Hummel existem atualmente em Portugal?
Atuamente temos vinte distribuidores distribuídos pelas áreas de turismos / motos, veículo industrial e indústria. Recentemente entraram dois novos distribuidores: a Europeças como especialista de turismos e a Lusofiltros como generalista de filtros, com um foco importante na área de Indústria. O objectivo é sempre melhorar a nossa presença no mercado, seja territorialmente, seja na especialidade que cada distribuidor aporta para a marca Mann-Filter. Cada um deles trás consigo a experiência e informação que nos permite como marca uma melhoria constante.

A rede está estabilizada ou ainda há espaço para mais distribuidores?
Passamos 3 anos com a mesmo rede de clientes e foi este ano que decidimos esta mudança pela análise às necessidades que poderíamos ter como marca, e após esta decisão não temos como objectivo imediato uma alteração da nossa rede de clientes.

Que fatores mais importantes destaca no funcionamento da rede de distribuidores Mann+Hummel?
Experiência e profissionalismo. São distribuidores com capacidade de evolução constante, na procura da diferenciação e melhora de processos e nós, como marca, apreciamos e também nos coloca o repto de uma melhoria contínua, de modo a responder às suas necessidades e expectativas.

Como os distribuidores Mann-Filter estão a conseguir fidelizar os seus clientes?
Cada distribuidor tem a sua estratégia e nós como marca Mann-Filter procuramos apoiar da melhor maneira as suas estratégias. Temos a noção clara que a logística e serviço são e irão ser fatores de diferenciação.

Que apoio tem tido da Mann+Hummel Ibérica a nível de marketing, merchandising, novidades de produto e formação para a rede de distribuidores e oficinas?
Procuramos ter uma presença constante com a imagem Mann-Filter nos meios de comunicação e apoiamos os nossos clientes nas várias ações de marketing que possam fazer, seja em feiras, eventos desportivos ou em ações internas. Para nós o marketing é uma ferramenta essencial para o desenvolvimento do negócio.

Quais são na atualidade os maiores desafios para a Mann+Hummel em Portugal?
Procuramos acima de tudo ir de encontro às necessidades dos nossos clientes e por consequência do mercado, sermos pró-ativos e procurar antecipar essas necessidades de modo a que os nosso clientes estejam cada vez mais satisfeitos em trabalhar a marca Mann-Filter.

Qual vai ser a estratégia da Mann+Hummel para continuar a crescer?
Trabalhar em conjunto com os nossos clientes as melhores soluções para as suas necessidades.