Garland lança serviço de transporte específico de motos

O Grupo Garland, uma das principais empresas no setor de transportes, logística e navegação, lançará, no próximo mês de setembro, um serviço destinado ao transporte terrestre de ciclomotores em paletes construídas propositadamente para o efeito.

Para já, o serviço tem capacidade para transportar 20 motos em simultâneo. Mas, graças à enorme procura que tem registado, Sérgio Freitas, diretor da Garland Transportes, acredita que, em breve, a empresa terá de duplicar o número de paletes destinadas a este transporte específico.
 
"A Garland começou por fazer, pontualmente, alguns transportes terrestres de motos. Habitualmente, os motards viajam de avião para diversas partes do mundo para participar em concentrações ou simplesmente em lazer e fazem transportar as suas motos via camião. Percebemos que há uma enorme procura para este tipo de serviço e que a Garland pode responder às necessidades", explica Sérgio Freitas, que acredita tratar-se de uma oferta inovadora, já que habitualmente as motos são transportadas em paletes normais, em condições precárias.
 
Para o arranque do serviço, a Garland tem já agendado o transporte para a Polónia de "pelo menos, sete motos" de um grupo de motociclistas portugueses.
 
Os apaixonados pelos veículos de duas rodas parecem não parar de crescer no país, pelo menos atendendo a dados revelados recentemente pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP), de acordo com os quais, em 2016, venderam-se 23.677 novos veículos de duas rodas, triciclos e quadriciclos, registando o mercado um crescimento de 10,8% face ao ano anterior.