Iveco Daily

Em 35 anos de vida, a Iveco lança, em 2014, apenas a terceira geração do Daily. Com um ciclo de vida mais alargado do que um automóvel ligeiro, este produto atinge um nível de maturidade elevado.

A New Daily, como lhe chamam, mantém a marca no rumo do sucesso e acrescenta ao mercado mais 8000 variantes diferentes de veículos, com uma lista de opções difícil de igualar.

Quando começou a desenvolver a terceira geração da Daily, em 2012, a Iveco tinha em mente um projeto inovador, que fosse além do furgão de trabalho. Assim, depois de muitas voltas nos estiradores no centro de design da marca em Turim, surgiu um veículo novo no conceito e no desenho. O investimento foi de 500 milhões de euros e o novo produto, comparativamente ao anterior, recebe cerca de 80% de novos componentes.

O novo Daily tem identidade própria e o seu desenvolvimento centralizou-se em três pontos chave: condutor; design e mecânica; capacidade de carga. 


ivecodaily1  ivecodaily2

A base, a estrutura tipo escada, manteve-se, mas a inclusão na produção de aços derivados dos camiões e a introdução de uma nova suspensão dianteira, denominada Quad-leaf, permitiram aumentar o peso bruto e a capacidade de carga, facilitando a criação de mais versões e variantes que se podem adaptar às exigências de mais clientes e de mais negócios.

As novas dimensões das várias carroçarias, com maior distância entre eixos e “overhangs” mais curtos criaram melhorias no diâmetro de viragem, na altura do plano de carga e, também, nas capacidades de carga.

Entre os vários volumes disponíveis, destacam-se dois: o maior furgão do mercado, com 19,6 m3, e, também, o mais eficiente do segmento no que a carga diz respeito, a versão com 10,8 m3 de volume, que será o grande cavalo de batalha da marca italiana.
 No capítulo das motorizações também existem muitas novidades.

A nova gama Daily foi construída em torno de dois motores de quatro cilindros, um de 2,3 e outro de 3,0 litros, que oferecem potências entre os 106 e os 205 cv.

ivecodaily3  ivecodaily4

Todos os motores estão disponíveis em variante Euro 5+ e Euro 6, sendo que as primeiras utilizam apenas EGR, enquanto que as segundas combinam EGR com SCR. Com vários ornamentos, como o EcoSwitch (atua no mapeamento do motor, reduzindo o binário e a velocidade máxima do veículo), o Smart Alternator (um modo de atuação do alternador que recupera energia das travagens) e o EcoMac (sistema que otimiza o funcionamento do ar condicionado), é possível obter reduções de consumo, comparativamente ao modelo anterior, de cerca de 14%.


A Iveco introduziu ainda diversas melhorias ao nível da manutenção do veículo, como a troca do filtro de combustível, que passa dos 40 para os 80 mil km, o filtro de habitáculo, que é substituído a cada dois anos em vez de um, e a duração do líquido da refrigeração, que “aguenta” toda a vida útil do veículo.

A comercialização no nosso país já arrancou e a Iveco promete manter os preços ao nível dos da geração anterior, com a vantagem das novas versões contemplarem mais equipamento de série. A nova versão 4x4 e a variante elétrica serão renovadas até final deste ano.

 

Nova Daily em números
• 6 pesos brutos diferentes, entre as 3,3 e as 7 toneladas
• Capacidade de carga (incluindo o condutor) até 4700 kg e capacidade de reboque até 3500 kg
• 3 distâncias entre eixos, 5 comprimentos diferentes e três altura interior distintas
• 6 opções de comprimento total até aos 6,2 m
• 9 volumes de carga entre os 7,3 e os 19,6 m3
• 9 opções de motores distintas, entre os 106 e os 205 cv. Valor de binário máximo de 470 Nm
• Diâmetro de viragem de 10,5 m
• Comprimento de carga interior até 5,1 m
• 15 espaços de arrumação na cabina, sendo que 5 são fechados
• Variantes furgão, chassis-cabinas simples e dupla, versões mistas e minibus para o transporte de passageiros