Piratas digitais apontam aos automóveis

Prepare-se, pois a partir deste verão, até o seu carro pode não estar a salvo das mãos dos hackers.

Pelo menos, é o que garantem os investigadores de segurança Charlie Miller e Chris Valasek, que anunciaram que vão demonstrar, nas conferências da especialidade (DEF CON e Black Hat), que decorrem no próximo mês de agosto, como piratear remotamente a rede digital de um veículo.

A ideia é mostrar a vulnerabilidade dos automóveis a ataques remotos, uma vez que a rede digital dos mesmos é responsável pelo controlo de todas as componentes de um carro, desde o volante aos travões.

Os investigadores não divulgaram qual vai ser o carro onde vão testar o ataque informático, mas ainda no ano anterior, Miller e Valasek apresentaram uma lista dos veículos mais vulneráveis a ataques informáticos remotos. O topo da lista é composto por três carros, dois deles não estão à venda no nosso País: o Jeep Cherokee, o Infiniti Q50 e o Cadillac Escalade.