Jaguar F-Type S Coupé

Sim, a Jaguar ofereceu ao Mourinho um F-Type. Mas por alguns dias, também o JORNAL DAS OFICINAS vestiu a pele do Special One e testou a majestosa versão S Coupé do modelo – não o topo de gama F-Type R Coupe, como o destinado ao treinador do Chelsea, mas enfim.

Está lá tudo. Não bastavam as suas linhas possantes para fazer todos à sua passagem torcerem o pescoço, como também o ronco do motor 3.0 V6 S, que habita debaixo do capot, reclama atenções. 

Em estrada Jaguar F Type 1

O Jaguar  F-Type S Coupé ganhou 40 cv extra e dispõe agora de 380 cv. E uma atitude muito própria, com um apurado sentido de condução, apenas comparável com o visual que projeta. Também o chassis é rígido, o que significa que a diversão será medida em dores nas costas. Mas que importa isso, quando estamos a falar de 4,9 segundos no arranque dos 0 aos 100 km/h? A potência é transmitida às rodas traseiras por intermédio da caixa automática de oito velocidades, a Quickshift, que permite um controlo manual através das patilhas no volante ou na própria alavanca Sportshift incorporada na consola central. Em ambas as opções, impressiona pela rapidez e inteligência na leitura das passagens de caixa. E o desempenho dinâmico é de uma envolvência, precisão e facilidade dignos dos mais rasgados elogios.

 

Ficha Técnica
Motor: 6 cil. em V, long., diant.
Cilindrada (cc): 2995
Potência máxima (cv/rpm): 380/6500
Binário máximo (Nm/rpm): 460/3500-5000
Velocidade máxima (km/h): 275
0-100 km/h (s): 4,9
Consumo combinado (l/100 km): 9,1
Emissões de CO2 (g/km): 213
Preço: €100.755 
IUC: €729,30