Jaguar XJ enfrentou drone de última geração

O insólito desafio teve lugar no Circuito Internacional de Zhuhai, na China, onde o topo de gama da marca britânica enfrentou um drone de última geração.

Primeiro, foi o ex-piloto de Fórmula 1 Martin Brundle, aos comandos do XJR, que desafiou o piloto do Jetman Dubai Yves Rossy, numa competição única que se realizou nos Emirados Árabes Unidos. Depois, foi a parceria técnica com o esquiador olímpico Graham Bell, com o objetivo de tentar bater o recorde mundial Guinness em 2017. Agora, a Jaguar "virou-se" para os drones.

Um Jaguar XJ, conduzido pelo conhecido especialista Mark Higgins, desafiou um dos melhores pilotos de drones, num evento exclusivo que mostrou como a tecnologia do futuro poderá influenciar a rodagem de cenas de perseguição automóvel.

Com o objetivo de poderem vir a filmar uma possível sequência cinematográfica de ação, Higgins e o piloto de drones JaeHong Li utilizaram o desafio para realçar a evolução da tecnologia, tanto no setor automóvel como na aviação não tripulada.

No desafio, que se realizou no Circuito Internacional de Zhuhai, na China, o XJ tentou despistar o drone numa zona industrial com contentores marítimos, avenidas com árvores, boxes e um parque de estacionamento subterrâneo.

Tudo para demonstrar que a tecnologia está a revolucionar tanto o setor automóvel como a indústria dos drones. Li, piloto do avião não tripulado, utilizou a função autónoma de voo circular e pesquisa de 360° com câmara. Enquanto Higgins, no Jaguar XJ, tirou partido da direção assistida elétrica e dos sistemas que utilizam sensores e quatro câmaras instaladas a bordo.