Pão de Forma restaurado com tintas Standox

De uma carrinha em péssimas condições para um resplandecente veículo clássico em 250 horas: para assinalar o seu 60.º Aniversário em 2015, a marca de repintura global Standox organizou o restauro de um "pão-de-forma" antigo. Após a digressão da carrinha clássica, homenageando o aniversário da marca no ano passado, atualmente a Standox faz uso do "pão-de-forma" para visitas a clientes, eventos e exposições.

Quando Karsten Schwab, um dos diretores executivos da Höschen und Schwab, oficina de reparação e pintura em Wuppertal, na Alemanha, viu, pela primeira vez, a icónica T2b de 1976, ficou bastante chocado. "A carroçaria estava muito danificada e cheia de corrosão", afirma.

Mas a equipa teve apenas seis semanas para renovar a carrinha clássica e devolver-lhe o aspeto original, uma vez que a Standox pretendia utilizá-la durante a digressão comemorativa referente ao seu 60.º Aniversário. A combinação entre um calendário extremamente apertado e a deterioração do "pão-de-forma" vintage representou, para a equipa da oficina, um verdadeiro desafio.

A ferrugem é um problema comum no restauro de veículos clássicos. Para corrigi-lo, a Standox oferece uma gama de produtos que protegem de forma duradoura os veículos contra a corrosão. Para isolar o metal nu, a oficina Höschen und Schwab confiou no Primário Promotor de Aderência U3100 e no Sistema de Primários COV U7540.

Pintado com o emblemático azul da Standox, o "pão-de-forma" inclui o logótipo em forma de borboleta da Standox, que remonta aos primórdios da marca. A oficina despendeu 250 horas no restauro da carrinha vintage.