UPS entrega ajuda humanitária com drones

A Fundação UPS, o braço filantrópico da UPS, acaba de anunciar uma parceria com a Zipline, empresa de robótica californiana, e com a Gavi, Aliança Global para Vacinas e Imunização, para explorar a utilização de drones como forma de entrega de medicamentos urgentes, como sangue e vacinas, em vários locais do mundo.

Frequentemente, os produtos de saúde críticos são danificados ou não são devidamente entregues a pessoas que precisam deles urgentemente. Esta parceria público-privada combina, assim, a expert global em logística e uma cadeia de transporte criogénico e de produtos de healthcare da UPS com a rede de drones da Zipline e com a experiência da Gavi em países em desenvolvimento, onde está focada em salvar vidas e proteger a saúde dos habitantes dos locais mais remotos do mundo.

A Fundação UPS concedeu, assim, um subsídio de 800 mil dólares para apoiar o lançamento inicial desta iniciativa no Ruanda. Com início no final deste ano, o governo do Ruanda vai começar a utilizar os drones da Zipline, que podem realizar até 150 entregas por dia de sangue para 21 instalações de transfusão localizadas na metade ocidental do país.

De acordo com o WHO1, África tem a maior taxa mundial de morte materna devido a hemorragias pós-parto, o que torna o acesso a transfusões de sangue criticamente importantes para as mulheres de todo o continente africano.

Apesar da rede nacional de drones do Ruanda estar, inicialmente, focada na entrega de reservas de sangue, o plano passa por expandir a iniciativa a vacinas, tratamentos para o VIH/SIDA, malária, tuberculose e muitos outros medicamentos essenciais. É expectável que esta rede de drones consiga salvar milhares de vidas ao longo dos próximos três anos, sendo, assim, vista como um modelo para outros países.