PRIO reforça armazenagem independente em Aveiro

Com um investimento de 11 milhões de euros, a PRIO arranca com um projeto de expansão para o seu parque de Aveiro, que prevê o aumento de capacidade de armazenamento do parque de líquidos (gasolinas, gasóleos e biodiesel) e do parque de GPL (Gás de Petróleo Liquefeito).

Dois investimentos estruturantes para a PRIO que vêm reforçar a independência e competitividade da marca, afirmando-se, cada vez mais, como uma peça essencial do sistema logístico nacional.

Dividida em duas fases, a obra de expansão do parque de líquidos terá início em setembro e conta com um investimento de seis milhões de euros. A intervenção prevê um alargamento de 20.000 m3 do parque de líquidos, permitindo, assim, um aumento significativo da capacidade de armazenamento de gasolinas no porto de Aveiro.

O projeto conta ainda com a expansão do parque de Taras de GPL e com a constituição de um novo parque de armazenamento de garrafas e a granel em reservatórios, para aumentar a capacidade de armazenamento de GPL. Esta obra terá um investimento superior a cinco milhões de euros.

A conclusão das obras de expansão do parque de líquidos e GPL está prevista para fevereiro e dezembro do próximo ano, respetivamente.