Melhor Pintor R-M do Mundo já é conhecido

Berry Kooijman, da oficina Autosschade Herstel Verwejj, da Holanda (ao centro). Foi ele o grande vencedor da Final Internacional do Best Painter Contest 2016, tornando-se, deste modo, no melhor pintor da R-M, a nível mundial.

Portugal esteve representado na competição por Fábio Esteves, da oficina Moticristo, em Mafra, mas, apesar da qualidade das suas provas, acabou por não conseguir alcançar o primeiro lugar. "Para mim, estar aqui já foi uma vitória. Desde o primeiro dia que digo que somos todos vencedores, a partir do momento em que aqui estamos", disse Fábio Esteves ao Jornal das Oficinas, a única publicação portuguesa presente em Clermont de L'Oise, França, durante os três dias de competição.

A estatueta da 12.ª edição do concurso foi atribuída numa cerimónia onde estiveram, além de centenas de convidados, os 15 pintores finalistas, oriundos de geografias distantes: Europa, Japão, África do Sul e Canadá. Segundo Ronny Raeymaekers, presidente do júri, o vencedor foi encontrado com base em detalhes.

rmconcurso2016final"Do ponto de vista técnico, as diferenças não são muito grandes", afirmou. Por outras palavras, aquilo que fez a diferença foram, sobretudo, "a eficácia no processo e a gestão dos desperdícios" durante as provas. Não foi por acaso que a edição do Best Painter Contest 2016 respondia pelo mote: "Be innovative – Think sustainable".

O concurso da R-M, levado a cabo pelo Grupo BASF, tem o patrocínio de marcas como EMM, 3M, Sata, DeVilbiss e Rupes. O primeiro lugar coube a Berry Kooijman, da oficina Autosschade Herstel Verwejj, da Holanda, tendo o segundo lugar sido ocupado por Genya Yokota, da oficina Avance Techno Service, do Japão, e o terceiro posto sido entregue a Myles Veljacic, da oficina Open Road Richmond Auto Body, do Canadá.

A reportagem completa da Final Internacional do R-M Best Painter 2016 será publicada na edição de novembro do Jornal das Oficinas.

Save

Save