Grupo IMA Ibérica teve ano de 2015 muito ativo

As condições meteorológicas e as altas temperaturas que se registaram de forma contínua durante os meses de julho e agosto, geraram um volume inédito de ocorrências e de chamadas no seio do Grupo IMA, dando origem a inúmeros picos de atividade.

A título de exemplo, só nos dias 18 de julho e 16 de agosto foram recebidas mais de 25.000 chamadas. Este aumento da intensidade nos serviços manteve-se, também, durante o mês de setembro. Desde a criação da IMA, em 1981, as suas plataformas nunca tinham recebido um volume tão elevado de pedidos de assistência.

Em linha com os resultados do grupo, a IMA Ibérica assistiu, igualmente, a um crescimento da sua procura neste último exercício. É de salientar especialmente o aumento de atividade como Correspondente, o serviço através do qual a empresa presta assistência a estrangeiros cujas companhias de seguros ou de assistência não tenham rede própria em Espanha e em Portugal, assim como a turistas espanhóis e portugueses, que saem das nossas fronteiras. Este setor sofreu um aumento significativo de 17,4%, em linha com o crescimento dos fluxos migratórios em 2016.

O calor registado este verão gerou inúmeras avarias eletromecânicas nos automóveis, fenómeno agravado pela manutenção deficitária dos veículos e pelo envelhecimento do parque automóvel.

Para fazer frente a estes acontecimentos, o grupo criou dispositivos excecionais de acompanhamento humano e ampliou a sua rede de colaboradores para lidar com a crescente procura de assistência psicológica, especialmente perante acontecimentos tão trágicos como o atentado de Nice do passado dia 14 de julho, que deu origem a meia centena de ocorrências.

Eis os números da IMA Ibérica em 2015:

- 25,7 milhões de euros de atividade;

- 246.043 ocorrências geridas, cerca de 6% mais do que no ano anterior;

- 5.631 empresas e profissionais fazem parte da sua rede de fornecedores;

- 19% de aumento em relação ao resultado em 2015.