EUROPART lança ofensiva digital já em janeiro

Uma EUROPART com mais mobilidade, que ajuda os clientes no seu trabalho diário e que está mais próxima do cliente através de soluções digitais, são os grandes objetivos.

A digitalização é um dos chavões atuais em todo o mundo.  Para o distribuidor de peças de substituição para camiões, reboques e autocarros líder a nível europeu, isso é mais do que um chavão.

A EUROPART usa as suas soluções digitais para responder às necessidades dos clientes. Seja a nível da informação, organização ou mobilidade, a empresa de Hagen está equipada para a concorrência nacional e internacional em 2019.

“Para nós, o cliente está sempre no centro. E o cliente está cada vez mais digital”, explica Olaf Giesen, CEO da EUROPART, a propósito das motivações da mudança.

“Se quiser estar próximo do cliente nos dias que correm, não bastam os anexos impressos e a visita do serviço externo. Eu, como empresa, tenho de estar disponível. Tenho de ser informativo e intuitivo.“ Aliás, a campanha “A paixão une!” (“Leidenschaft verbindet!”) por altura do 70.º jubileu da EUROPART, demonstrou quão importante é a proximidade do cliente no mercado dos veículos comerciais”, acrescenta.

Para além dos clássicos elementos, tais como a página da Internet e a newsletter, a EUROPART aposta em novas ferramentas e desprende-se dos conceitos habituais.

A introdução do atual EWOS (EUROPART Werkstatt Online Systems), no final de 2018, foi o primeiro passo para apoiar o cliente também a nível digital de forma ativa no seu trabalho diário.

O EWOS 3.0 ganhou mobilidade, pode ser personalizado, e ajuda o utilizador na organização da sua oficina ou empresa. Além disso, tem muitas funcionalidades no domínio dos dados técnicos.

Para a EUROPART, a mobilidade está no foco dos seus desenvolvimentos. Com a app da EUROPART, o cliente vai poder usar, a partir de 2019, os serviços com ainda maior rapidez e comodidade.

“Se estiver na oficina ou fora do escritório a conversar com o cliente, o ideal é que eu possa pegar num tablet e pesquisar ou encomendar diretamente no local”, descreve Giesen. “Já ninguém quer ouvir dizer: Volto a entrar em contacto consigo assim que chegar ao escritório”, exemplifica.

A EUROPART vai continuar a percorrer, de forma consequente, o caminho bem sucedido para as redes sociais. O foco está no Facebook e no YouTube. Os seguidores entusiasmam-se com os vídeos emocionantes, os relatórios interessantes e as dicas úteis.

“Estas atividades não produzem compras diretas pelos nossos clientes”, descreve Daniel Zinn, head of marketing, sobre as atividades das redes socais. “Trata-se mais de nos apresentarmos e mostrarmos como empresa, saber quem está por detrás da EUROPART e mostrar que somos movidos pelo mesmo: a paixão”, frisa.

Também pode querer ler