DriiveMe continua imparável no mercado português

A DriiveMe, serviço de aluguer de automóveis por um €1, tornou-se numa das melhores soluções de mobilidade no nosso país.

Após superar a fasquia de 30 mil utilizadores em Portugal, a plataforma anuncia novos clientes e oferece um cada vez um maior número de destinos disponíveis para viajar por toda a Europa.

Desde o seu lançamento em Portugal, há praticamente um ano, a plataforma de mobilidade realizou mais de 1.500 trajetos por várias cidades de Portugal, Espanha e, inclusivamente, alguns pontos da Europa para além da Península Ibérica.

A DriiveMe trabalha, desde o seu lançamento no nosso país, com cinco importantes empresas de aluguer de automóveis e anuncia, agora, a introdução de cinco novas frotas de clientes, com a intenção de duplicar a sua oferta de veículos.

Entre os seus novos clientes, encontra-se a AVIS, uma das mais importantes empesas de aluguer de automóveis a nível internacional, que oferece transfers por todo o país

Constantin Lambert, country manager da DriiveMe para o sul da Europa, afirmou que esta operação é uma grande oportunidade para crescer em toda a Península: “A cada dia que passa, oferecemos um serviço melhor. Tornamos mais fácil a mobilidade em Portugal e Espanha”, referiu.

Augusto Macedo, business developer da DriiveMe em Portugal, explicou que, para a empresa, Portugal é uma das grandes apostas e os resultados no nosso país são cada vez melhores.

“A DriiveMe alcançou números recorde em Portugal em menos de um ano. Isto faz com que a nossa oferta seja cada vez maior e que trabalhemos com novos clientes”, deu conta.

Os pontos de origem dos veículos repartem-se por todo o país, destacando-se os concelhos de Lisboa, Leiria, Coimbra, Covilhã, Évora, Setúbal, Sines, Porto e Faro.

Os utilizadores reservam os seus trajetos de modo muito simples e por um €1, através da app ou da página de Internet da DriiveMe.

A empresa adapta-se às preferências de cada utilizador e oferece diferentes tipos de veículos na sua ampla oferta, desde pequenos compactos de cinco portas a grandes monovolumes e autocaravanas.

Para mais, a própria empresa promove o slogan "Viajar grátis" e a viagem pode sair a custo zero. “Convidamos os utilizadores a publicar a viagem noutras plataformas de automóvel partilhado, como a Blablacar ou a Amovens, para que se partilhem os gastos com combustível e portagens”, desafiou Augusto Macedo.

Também pode querer ler