Powertrain inicia percurso como empresa independente

A Divisão Powertrain da Continental tornou-se na primeira parte do grupo a completar o seu realinhamento, com a equipa de gestão em pleno funcionamento desde 1 de abril de 2019.

Opera agora como uma empresa independente que irá negociar sob o nome "Vitesco Technologies". A introdução do novo nome está marcada para o segundo semestre de 2019.

A transformação da divisão num amplo grupo teve lugar, como previsto no início de 2019. Liderada por Andreas Wolf, a equipa de gestão da nova empresa está a preparar-se para o planeamento do IPO parcial.

É, também, provável que as condições necessárias para informar o mercado de capitais sobre detalhes adicionais entrem em vigor até ao final do segundo semestre de 2019. 

A empresa estará pronta para concluir o planeamento do IPO parcial assim que as providências técnicas e regulamentadas sejam implementadas, o que significa que pode ser esperado a partir de 2020, dependendo da situação do mercado.

"Completamos a transformação da Divisão Powertrain num grupo independente em tempo recorde. Não conseguiríamos tal feito sem o apoio dos nossos colaboradores. O facto de mais de 99% dos nossos funcionários terem-se mudado para a nova empresa, demonstra a confiança depositada no caminho que escolhemos", afirmou Andreas Wolf.

De acordo com o responsável, "o ritmo da regulação varia de região para região. O que exige uma grande flexibilidade por parte da indústria. Como empresa independente, temos maior liberdade para reagir de forma rápida e individual, aos diversos requisitos".

O novo nome reflete, também, essa flexibilidade. "Vitesco" deriva de vita, palavra latim para "vida", construindo uma imagem de energia, rapidez e agilidade. A segunda parte do nome, "Technologies", destaca a ambição da empresa em ser fornecedora de tecnologias, sistemas e serviços inovadores.

Os departamentos da empresa serão, continuamente e sistematicamente, desenvolvidos para atender às necessidades do mercado e da sociedade, especialmente no que diz respeito às metas de emissão locais e globais.

Para além do negócio dos motores de combustão, as atividades da empresa vão incluir todos os negócios futuros que envolvam sistemas de condução híbridos e elétricos, bem como todas as atividades atuais de baterias. A empresa é líder tecnológica, de longa data, no campo da "eletrificação" powertrain.

É um dos poucos fornecedores de sistemas capazes de oferecer total "eletrificação" do powertrain através de uma única fonte, desde sistema de 48 Volt e soluções híbridas integradas para sistemas de transmissão e eixos até transmissões totalmente elétricas, combinados com energia altamente eficiente e carregamento de aparelhos elétricos e sistema de gestão de bateria, que é otimizado através da gestão inteligente de energia e térmica.

Sistemas de transmissão eletrónicos inovadores da Powertrain da Continental foram componentes chave no Jaguar I-PACE, eleito "Carro do Ano 2019" na Europa.

A importância da empresa no mercado de powertrain é enfatizada pela sua forte carteira de encomendas. Esta ficou, aproximadamente, em 11 mil milhões de euros em 2018, dos quais cerca de dois mil milhões são atribuídos ao segmento da mobilidade elétrica.

Também pode querer ler