SEG Automotive compete e patrocina 24h em e-scooters

Uma equipa de engenheiros da SEG Automotive competiu na edição deste ano da Totalbike24, que decorreu dias 15 e 16 de junho em Kecskemét, na Hungria.

A equipa usou uma E-Schwalbe, o relançamento do mítico modelo da Alemanha Oriental, com um motor elétrico de 48V da própria SEG Automotive, preparado pela equipa.

“Os nossos engenheiros são motivados pela paixão de inovação no trabalho e amor pelos motociclos que nutrem nas suas vidas privadas. Agora, vão combinar os seus dotes de engenheiros e de corredores para, juntos, representarem a nossa empresa no Totalbike24 deste ano”, explica Uwe Mang, diretor-geral da área comercial de Miskolc da SEG Automotive.

Nas últimas semanas, os engenheiros dedicaram inúmeras horas fora do seu horário de trabalho a transformar a tradicional E-Schwalbe numa versão customizada, pronta para fazer frente aos desafios de uma corrida de 24 horas. Entre outras modificações, adicionaram a possibilidade de trocar as baterias de forma eficiente e de eliminar os tempos de recarregamento das mesmas.

A E-Schwalbe é uma reedição da tradicional scooter da Alemanha Oriental, redesenhada com tecnologia moderna. Utiliza, como único motor, o Boost Recuperation Machine (BRM) 48V, da SEG Automotive.

O centro de desenvolvimento da SEG Automotive, em Miskolc, esteve diretamente envolvido no desenvolvimento, bem como nos testes do BRM, razão pela qual a equipa de engenheiros conhece bem os desempenhos e eficiência de que esta máquina é capaz.

“Nós acreditamos nos nossos colaboradores e nos nossos produtos. Desta forma, a SEG Automotive assume os custos associados à participação nesta competição e permite a realização do sonho dos nossos colaboradores, de entrar numa corrida de resistência com a máquina que ajudaram a desenvolver. Por último, tornámo-nos num dos patrocinadores oficiais do evento”, acrescenta Uwe Mang.

A Totalbike24 é uma corrida em que mais de 30 equipas se defrontam no que se refere ao seu conhecimento de engenharia e das suas capacidades no desporto motorizado, ao conduzirem motociclos customizados num período de 24 horas consecutivas.

A competição deste ano realizou-se dias 15 e 16 de junho e englobou a corrida com motores de combustão, como a categoria de e-scooter.

O BRM não só é a motorização exclusiva de veículos elétricos como a E-Schwalbe, como pode, igualmente, ser capaz de transformar qualquer veículo com um  motor de combustão interna num híbrido eficiente com um esforço mínimo.

O BRM 48V substitui o gerador de 12 Volt na sua localização habitual, junto da correia de distribuição do motor (tipologia PO) e, deste modo, elimina a necessidade de cumprimento dos requisitos de proteção de alta tensão, complexos e dispendiosos, bem como as suas cablagens específicas associados a soluções de "hibridização" de 48V mais convencionais.

Ao recuperar a energia da travagem e ao reutilizá-la para alimentar o veículo, o BRM reduz o consumo de combustível e as emissões de CO2 até 15% em condições de condução reais.

Na verdade, é tão eficiente que é a única máquina de 48V reconhecida como uma eco inovação pela União Europeia. Isso permite que os fabricantes recebam um crédito adicional de cerca de 2g de CO2/km por veículo.

Também pode querer ler