Bosch e Daimler obtêm licenças para parque de estacionamento autónomo

A Bosch e a Daimler alcançaram mais um marco no caminho para a condução autónoma: as duas empresas obtiveram, agora, a aprovação das autoridades competentes em Baden-Württemberg para o sistema de estacionamento autónomo, no parque de estacionamento do Museu da Mercedes-Benz, em Estugarda.

O serviço automatizado não requer qualquer supervisão. Isto faz com que seja a primeira função de estacionamento SAE de nível 4, sem condutor e totalmente automatizada do mundo a ser oficialmente aprovada para uso diário.

“Esta decisão das autoridades mostra que inovações como o estacionamento autónomo em parques é possível”, afirma Markus Heyn, membro do conselho de administração da Robert Bosch GmbH.

“A condução e o estacionamento autónomos são blocos de construção importantes para a mobilidade do futuro. O sistema de estacionamento autónomo mostra o quanto já progredimos ao longo deste caminho de desenvolvimento”, acrescentou.

“Esta aprovação das autoridades de Baden-Württemberg estabelece um precedente para obter aprovação no futuro para o serviço de estacionamento em parques de todo o mundo”, concluiu Michael Hafner, chefe de desenvolvimento de tecnologias para condução autónoma da Daimler AG.

"Como pioneiro na área da condução autónoma, o nosso projeto abre caminho para que o sistema entre em produção em massa no futuro", deu conta Hafner.

Como ainda não existe um processo de aprovação oficial para funções de condução autónoma que não exijam condutor, as autoridades locais supervisionaram o projeto juntamente com especialistas da autoridade certificadora alemã TÜV Rheinland. O objetivo era avaliar a segurança operacional da tecnologia autónoma e do próprio parque.

O resultado é um conceito abrangente de segurança com critérios apropriados de teste e aprovação que podem ser aplicados a outros projetos do género. Neste projeto, os responsáveis pelo seu desenvolvimento definiram como o veículo sem condutor deteta peões e outros veículos, parando, de forma segura, quando encontra um obstáculo.

Estes especialistas estabeleceram também normas de comunicação seguras entre todos os componentes do sistema e tomaram todas as medidas para garantir que a ativação do sistema é feita de forma completamente segura.

O processo é simples: ir até a um parque, sair do carro e enviá-lo para um espaço de estacionamento com apenas um toque no smartphone, o estacionamento autónomo não necessita de condutor.

Assim que deixamos o veículo no parque, ele procura um lugar livre e estaciona de forma autónoma. Posteriormente, o carro retorna ao ponto de partida exatamente da mesma forma.

Este processo baseia-se na interação entre a infraestrutura de estacionamento inteligente fornecida pela Bosch e a tecnologia automóvel da Mercedes-Benz.

Os sensores da Bosch, instalados no parque de estacionamento, monitorizam o corredor de condução e aquilo que está à sua volta e fornecem as informações necessárias para guiar o veículo.

A tecnologia no carro converte os comandos da infraestrutura em manobras de direção. Desta forma, os carros podem, inclusivamente, subir e descer rampas para se deslocarem entre os vários andares do parque.

Se os sensores da infraestrutura detetarem um obstáculo, o veículo para imediatamente.

Também pode querer ler