“O euroPARTNER é um conceito exclusivo e diferenciador”

Responsável pela implementação do projeto euroPARTNER, César Branco, marketing & sales manager da Euro Tyre, revela o que está na génese da criação desta rede de lojas de peças independentes.

Apresentado ao mercado nacional no Salão MECÂNICA 2018, que se realizou, na FIL, de 26 a 28 de outubro, o conceito euroPARTNER resulta de um processo de maturação da Euro Tyre na área das peças. Para nos revelar o que está por detrás da criação desta rede de lojas de peças independentes, César Branco, marketing & sales manager da Euro Tyre, no tom simpático, bem disposto e cordial que o caracteriza, recebeu-nos de braços abertos em Murtede, onde decorreu este entrevista.

Como surgiu o projeto euroPARTNER?
Para responder a esta pergunta, importa recuar três anos, altura em que a Euro Tyre se lançou no negócio das peças. A Euro Tyre tomou uma posição estratégica no mercado de pneus, que foi deixar de comercializar pneus pesados, agrícolas e industriais. E para substituir essa fatia de negócio, decidiu enveredar pela área das peças, numa lógica de diversificação da sua atuação no aftermarket, juntando, assim, peças e pneus. O que significa que houve uma aposta estratégica na diversificação de mercado e numa proposta global de aftermarket. Achámos mais importante entrar nas peças de reposição para o mercado independente do que continuar no segmento dos pneus pesados, agrícolas e industriais. Nesse sentido, estes três últimos anos têm servido de maturação, de aprendizagem e de teste das soluções de que dispomos e da nossa aposta estratégica. Tem-nos permitido saber para onde queremos e não queremos ir, com base na nossa experiência de mercado. E chegámos a um ponto onde tomámos a decisão de encontrar uma proposta de valor para um canal específico, que são as lojas de peças, de forma a que estas possam chegar às oficinas (os consumidores de peças de reposição de aftermarket). E como o modelo de negócio nesta área assenta numa grande flexibilidade e proximidade, com entregas várias vezes ao dia, com a existência de pouco ou nenhum stock nas oficinas e com uma capacidade de resposta das lojas de peças flexível para as oficinas, achámos que fazia sentido, para além da relação que temos com a oficina através do negócio dos pneus, criarmos um conceito exclusivo para as lojas de peças independentes, com marcas exclusivas e de modo a que não entremos em conflito com as lojas que vendem peças a oficinas.

Como define o conceito euroPARTNER?
O conceito euroPARTNER foi criado para as lojas de peças independentes e rege-se por um protocolo comercial, que tem em consideração sete pontos. Primeiro: implementar, por parte da Euro Tyre, uma rede de parceiros, designados euroPARTNER, com representatividade a nível de concelho e pertencendo a uma rede nacional na comercialização de peças e pneus. Segundo: a atribuição do estatuto euroPARTNER deverá obedecer aos critérios definidos pela Euro Tyre e aceites pelo parceiro. Terceiro: que exista potencial de desenvolvimento do negócio da venda de peças na área de implantação do parceiro. Quarto: que haja adequação de stock, da operação comercial e logística de acordo com as exigências do mercado de distribuição e comercialização de peças e pneus. Quinto: que o parceiro cumpra com as suas obrigações comerciais perante fornecedores e tenha uma situação financeira estável. Sexto: que exista potencial de crescimento do negócio, com a inclusão da oferta de produtos representados pela Euro Tyre. Sétimo: que exista a possibilidade e a vontade de um relacionamento comercial que se sustente num alinhamento cultural empresarial de inovação e empreendedorismo.

Leia a entrevista na íntegra na edição de dezembro do Jornal das Oficinas.

Também pode querer ler

  • “Vamos continuar a trabalhar com esforço e dedicação”
    Leia mais ...
  • “Há um excesso de agressividade que não nos leva a lado nenhum
    Leia mais ...
  • “A MCS tem crescido com a dedicação de todos os trabalhadores”
    Leia mais ...
  • “A nossa visão permite-nos atuar no mercado como um só”
    Leia mais ...
  • “Numa só paragem, conseguimos intervencionar pesado e semirreboque“
    Leia mais ...