Paulo Areal, presidente da ANCIA

A evolução dos centros de inspeção automóvel tem sido muito positiva. Na opinião de Paulo Areal, presidente da ANCIA, o contributo do setor para a segurança rodoviária é grande, mas lamenta a existência de tantos operadores.

Reconduzido na presidência da Associação Nacional de Centros de Inspeção Automóvel (ANCIA) há dois anos, Paulo Areal realça a evolução positiva do setor, nos últimos tempos.

Destaca o papel crucial dos centros na promoção da segurança rodoviária e defende o alargamento das inspeções a todos os veículos motorizados.

Em entrevista ao Jornal das Oficinas, o responsável lamenta a existência de demasiados operadores no setor e reclama uma alteração dos requisitos técnicos aplicados pelos centros de inspeção relativos ao controlo de emissões, que, segundo explica, devem “evoluir rapidamente para formas mais rigorosas de inspeção”.

Leia o artigo completo na edição de setembro do Jornal das Oficinas.

Também pode querer ler