Grupo PSA escolhe Punch Powertrain para evoluir nos elétricos

O Grupo PSA vai acelerar a sua transição rumo aos veículos "eletrificados" (híbridos e elétricos), com o objetivo de desenvolver, até 2025, uma oferta "eletrificada" na totalidade das suas gamas.

Assim, a seleção da Powertrain Punch como fornecedora de caixas "eletrificadas" da próxima geração é uma opção estratégica importante. A DCT consiste numa caixa de dupla embraiagem referencial.

A principal razão que levou ao fecho deste acordo de cooperação com a Powertrain Punch reside no revolucionário design da sua patenteada caixa de dupla embraiagem, que permite uma redução no número de componentes na sua conceção e, consequentemente, no seu peso e volume globais.

Adicionalmente, esta caixa garante um excelente nível de performance e consumos de combustível reduzidos, a um custo competitivo.

A caixa de próxima geração, em configuração de 48V, irá equipar os futuros modelos do grupo. A Punch Powertrain tem feito investimentos significativos para satisfazer os requisitos de um projeto desta magnitude, nomeadamente a aquisição da Apojee, entidade perita em eletrónica de potência. Uma estratégia de crescimento internacional.

Este contrato com o Grupo PSA é um passo importante na estratégia da Punch Powertrain, que ambiciona tornar-se num fornecedor global da indústria automóvel. Para garantir um crescimento contínuo e sustentável, a empresa estabeleceu uma dupla missão: expandir o seu portefólio de produtos e desenvolver uma base de clientes internacional nos principais mercados.