Novo motor elétrico para camiões de transporte de leite

Grandes quantidades de dióxido de carbono são emitidas desnecessariamente quando os camiões cisterna chegam às quintas para coletar o leite. Isto acontece porque os camiões utilizam os motores Diesel para acionar a bomba que enche a cisterna.

A empresa de tecnologia Semcon desenvolveu um sistema elétrico que reduzirá o consumo de gasóleo de um único camião em até 5.000 litros por ano. Além disso, os níveis de ruídos e as emissões nestas zonas rurais também serão reduzidos.

Cada camião cisterna bombeia leite por cerca de 1.000 horas por ano, um processo que é dispendioso para a indústria de laticínios. A instalação de um motor elétrico alimentado por bateria reduziria o consumo de gasóleo e o desgaste do motor.

A Tine, uma empresa norueguesa responsável por grande parte do transporte de leite da Noruega, planeia instalar novas bombas nos seus 250 veículos.

A Semcon, a Tine e a Enova estão a trabalhar em parceria neste projeto.

A bateria do motor elétrico é carregada enquanto o veículo está em movimento, como uma bateria de um automóvel comum.

As baterias fornecem energia suficiente para alimentar luzes e limpa para-brisa, entre outros elementos que ajudam a garantir o conforto e a segurança do motorista.

Praticamente nenhum ruído é emitido durante a alimentação elétrica, o que significa que ruídos prejudiciais podem ser, consideravelmente, reduzidos durante a recolha de leite nas fazendas.

Também pode querer ler