Logo
Imprimir esta página

Empresas e academia apontam caminho para o setor automóvel

Mobinov e IST Lisboa reuniram 38 especialistas da indústria para procurarem respostas que potenciem o crescimento da mesma

A reunião de 38 oradores, de mais de 25 instituições chave para o setor automóvel, e os dois dias de debate que se dividiram em 21 intervenções, foram alguns dos “ingredientes” para a conferência “Academia meets Auto-Industry”.

Promovida, em parceria, pela Mobinov (cluster automóvel) e pelo Instituto Superior Técnico (IST Lisboa), o evento tinha como principal objetivo abrir um caminho de maior proximidade entre os profissionais da indústria e os investigadores dos centros de ensino, para que, juntos, combinem conhecimentos e avanços tecnológicos que permitam dar resposta aos desafios que o setor enfrenta atualmente.

Em Portugal, o setor automóvel tem um peso de 7,1% no Produto Interno Bruto (PIB), representando um Valor Acrescentado Bruto (VAB) de 3,5 mil milhões de euros. Destaque-se, ainda, que o crescimento do volume de negócios da indústria automóvel foi de 12% em 2018.

Dividido em dois dias, o programa do evento apresentava como principais temas o “Futuro da Indústria Automóvel” e a “Investigação no Futuro da Tecnologia de Veículos”.

O arranque do primeiro dia do evento ficou marcado pela presença e intervenção do Secretário de Estado, João Correia Neves, assim como dos dois painéis de discussão à luz do tema “Materiais e Processos: Fatores-chave da Indústria e necessidades da Investigação & Desenvolvimento”.

Já o segundo dia da conferência, dedicou-se a momentos de debate focados nos “Desafios da eletrificação” e “Futuro da condução”.

As intervenções contaram com o contributo de gestores de empresas de referência, como Efacec, Volkswagen Autoeuropa, Bosch, Caetano Bus ou Carris, a par de instituições de ensino e investigação como IST Lisboa, Inesc Tec, Instituto Pedro Nunes e ainda o CEiiA.

Entre os principais oradores internacionais, destacaram-se, por exemplo, Ben Mhamed Anime, da Faurecia – que explororou as diferentes vertentes daquele que será o cockpit do futuro –, Jochen Kirschbaum, da Critical Techworks – cuja intervenção focou os múltiplos aspetos associados ao “Futuro da Mobilidade –, ou ainda Johannes J. Bührle, da Trumpf – que abordou os aspetos técnicos das “aplicações do laser na mobilidade elétrica”.

A conferência “Academia meets Auto-Industry” apresentava ainda um espaço de exposição, no átrio de entrada do edifício principal do IST Lisboa, no qual marcas como a Continental, KWD Automotive, Efacec ou Trumpf deram a conhecer soluções tecnológicas inovadoras em desenvolvimento.

A exposição deu também visibilidade a projetos realizados por alunos do IST, como é o caso do Formula Student, um projeto desenvolvido no âmbito de metodologias inovadoras de aprendizagem ativa.

Também pode querer ler

Todos os direitos reservados por © AP Comunicação. | Developed By: Webzeki.com