Salão Motorclássico atrai mais de 40 mil visitantes

Terminou na FIL, em Lisboa, a 14.ª edição do Motorclássico – Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Clássicos, que registou, de novo, uma grande afluência de público, com mais de 40 mil visitantes ao longo dos três dias de evento.

O êxito da 14.ª edição do maior evento português relacionado com a temática dos clássicos e da história do automóvel confirma, assim, a grande adesão de aficionados e público em geral ao universo dos clássicos, bem como demonstra a vitalidade do mercado.

Automóveis históricos e desportivos, raridades e veículos de culto, uma exposição dedicada aos 70 anos da Porsche, um leilão de automobilia, passeios dedicados aos 70 anos da Land Rover e do Citroën 2CV, a revelação do APM, o automóvel português esquecido, diversos passeios de clássicos de duas e quatro rodas e as Motor Talks em direto, realizadas pelo Jornal dos Clássicos, com os convidados especiais Nené Neves e António Peixinho, do Team Palma, foram alguns dos ingredientes de um programa que conquistou público e expositores.

Salvador Patrício Gouveia, da organização do Motorclássico, faz o balanço da edição deste ano: "Apesar de o mercado base dos clássicos estar maduro, têm aparecido novos players, eventos e serviços complementares a todo este setor, o que é de louvar. Esta tendência estava bem patente no Salão Motorclássico deste ano, o que nos dá muita satisfação, pois mostra que o meio não está estagnado, mas sim em constante inovação e reinvenção de si próprio".

O Salão Motorclássico é organizado pelo Museu do Caramulo em parceria com a FIL – Feira Internacional de Lisboa.