Allianz aposta no segmento Auto para Elétricos & Híbridos

A Allianz é uma das primeiras companhias de seguros a estabelecer metas climáticas de longo prazo, vinculadas ao objetivo de manter o aquecimento global abaixo dos 2°C presentes no Acordo Climático de Paris.

Assim, até 2040, num processo gradual, a Allianz irá excluir os seguros de bens e propriedades e investimentos particulares associados ao carvão e a cobertura de seguro de tais riscos. Além disso, irá reduzir a pegada de carbono das suas operações comerciais até essa data.

Em conjunto com entidades internacionais científicas, económicas e sociedade civil da SBTi – Science Based Target Iniciative – como a UNGC (UN Global Compact), o CDP (Carbon Disclosure Project), o WRI (World Resources Institute) e o WWF (World Wide Fund for Nature), até ao final do ano, a Allianz irá desenvolver as metas científicas e objetivos, através da abordagem ao critério de avaliação da ASG (Ambiente-Sociedade-Governação).

O Grupo Allianz investiu já mais de 5,6 mil milhões de euros em energias renováveis, construiu 81 parques eólicos e sete parques solares na Europa e nos EUA. Só em 2017, a Allianz disponibilizou mais de 165 produtos com valores ecológico e social significativos, gerando cerca de 1,2 mil milhões de euros em receitas.

A Allianz Portugal está inteiramente alinhada com o posicionamento do Grupo Allianz, a avaliar também pelo Relatório de Sustentabilidade divulgado recentemente, que destaca que as operações por parte do grupo visam ajudar a construir uma sociedade estável e com baixos níveis de emissões de carbono, acompanhando os objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.