Martin Prokop faz equipa com Tomáš Ouředníček no Dakar

Quando durante a 10.ª etapa da edição 2018 do Dakar Tomáš Ouředníček, da República Checa, deu uma corda ao seu compatriota Martin Prokop para rebocar a Ford de Prokop e, assim, salvar a sua corrida, certamente nenhum deles sabia que, após alguns meses, Ouředníček receberia uma corda de Prokop. 

A equipa PM-Sports, com base em Jihlava, une dois dos participantes checos melhor bem sucedidos do Dakar, na categoria de carros, para ir juntos às dunas peruanas em janeiro.

Martin Prokop e Jan Tománek, que alcançaram um sétimo lugar no Dakar 2018, e Tomáš Ouředníček, que igualmente alcançou a mesma posição como co-piloto de Miroslav Zapletal em 2009.

Ouředníček mudou para o lugar de piloto em 2014, terminando como segundo classificado no Campeonato da Europa Central da FIA no seu ano “rookie” e ainda ganhando, na sua categoria, o campeonato húngaro por duas vezes.

O seu maior sucesso como piloto foi, até agora, a vitória em 2017 no Marroco Desert Challenge, a sua primeira corrida juntamente com o co-piloto David Křípal.

A formação do três veículos da PM-Sports é encerrada pelo camião de auxílio T4 com a equipa de Filip Škrobánek, Petr Lesák e RadimBaculík a bordo.

O lendário Dakar tem lugar no Peru em 2019 e conta com 10 etapas numa distância total 5.000 km, entre os dias 6 e 17 de janeiro.

Também pode querer ler