Fórmula 1 regressa ao Autódromo do Estoril em outubro

A edição de 2019 do Estoril Classics, já marcada para os dias 11, 12 e 13 de outubro, vai trazer ao Autódromo do Estoril uma dose dupla da categoria máxima do automobilismo

O evento, organizado pelo Turismo de Cascais, voltará a ser um evento marcante no panorama internacional dos amantes de viaturas históricas, pois, no mesmo fim de semana, irão decorrer diversas competições em Circuito, Rally e um concurso de Elegância.

Foram estes os motivos de interesse dos 65.000 espetadores de 2018, vindos de toda Europa, esperando-se que este número volte a ser batido em 2019.

Este ano, o Autódromo do Estoril terá um conjunto de provas em pista de grande qualidade, para além das muitas surpresas para toda a família que o paddock irá revelar.

Mais de 150 automóveis de competição históricos, avaliados em cerca de 40 milhões de euros, e equipas representando mais de 20 nacionalidades diferentes, irão competir ao longo de dois dias, num completo programa que irá incluir 14 corridas.

A prova mais emblemática será a F1 Classic, onde inesquecíveis Fórmula 1 até 1984 vão embelezar as curvas do Autódromo do Estoril. Marcas como Lotus, Mclaren, Tyrrell, Williams ou Hesketh poderão dizer pouco aos mais novos, mas ao público que presenciou no Estoril ou pela televisão dizem muito.

As incríveis lutas destes carros no final dos anos 70 e inícios dos anos 80, com talentosos pilotos ao volante, como James Hunt, Emerson Fittipaldi, Niki Lauda, Alain Prost, Nigel Mansell ou Ayrton Senna, é uma oportunidade única de reviver momentos gloriosos da já vasta e recheada história da Fórmula 1.

Com as cores garridas dos patrocínios da época, estas máquinas com mais de 500 cv oferecem um espetáculo envolvente e apaixonante, quer para o espetador ocasional, quer para os maiores entusiastas da F1.

Mas a grande novidade para a edição de 2019 será uma nova corrida de Fórmula 1 para modelos até 1966.

A HGPCA (Historic Grand Prix Cars Association) irá regressar ao Autódromo do Estoril com os seus Fórmula 1 com mais de 50 anos, numa época de pura condução, onde não existiam apêndices aerodinâmicos, túneis de vento, pneus slick ou patrocínios.

Uma época onde apenas engenheiros de grande talento e pilotos aguerridos, dispostos a sacrificar a vida pela glória da sua marca e país. Maserati 250F, Alfa Romeo P3, Lotus 16 ou Cooper T43 são alguns dos raríssimos modelos avaliados em milhões de euros que irão estar em competição no Circuito do Estoril.

Para compor o programa de forma ainda mais contundente, o Estoril Classics terá, pela primeira vez no nosso país, a exclusiva competição 1000 km Sports Cars, que contará com os carros de Turismos e GT que alinharam no Campeonato Mundial de Sportscars entre 1964 e 1974.

É aqui que são esperados os "dramáticos" Lola T70, os Chevron B19, os GRD entre outros. Pode não estar recordado, mas esta prova vai significar muito para imensos portugueses, pois será uma grelha com viaturas muito similares às que participaram na inauguração do Autódromo do Estoril e nas provas de Vila Real, em Angola e em Moçambique no início dos anos 70.

Com o acesso à Bancada A gratuito, a organização disponibiliza bilhetes limitados para o paddock, que permitem aos adeptos terem a possibilidade de estarem bem perto dos automóveis, pilotos e equipas.

A Food & Brand Village vai estar disponível para todo o público munido de bilhetes, que já estão à venda na FNAC, na Worten, no El Corte Inglés, nos CTT ou através do site oficial

Também pode querer ler