BASF reconhecida pela contribuição para o desenvolvimento sustentável

A linha de tintas de repintura automóvel eSense, da marca premium R-M, recebeu o prémio "Pierre Potier" na categoria Processo.

Esta inovação utiliza matérias-primas renováveis no processo de fabrico. O seu design inovador permite que as oficinas reduzam o tempo de secagem do produto durante o processo de reparação e, consequentemente, reduzam o consumo de energia e as emissões de gases com efeito de estufa.

A BASF Coatings Division foi premiada com o prémio "Pierre Potier" na categoria "Environmentally-friendly Process" pela sua linha de pintura automóvel R-M eSense, que cobre todas as reparações de carroçaria.

A cerimónia contou com a presença de Agnès Pannier-Runacher, Secretária de Estado francesa do Ministério da Economia e Finanças.

O prémio "Pierre Potier" homenageia empresas químicas que inovam e se esforçam, constantemente, por melhorar os seus produtos e procedimentos, num esforço para preservar o meio ambiente e, assim, fornecer soluções para o desafio da transição ecológica.

O prémio "Pierre Potier" também incentiva o desenvolvimento de abordagens ecologicamente responsáveis no setor químico.

A inovação da linha eSense é baseada na abordagem Balanço da Biomassa da BASF, desenvolvida em cooperação com o organismo de certificação TÜV SÜD.

Essa abordagem envolve o uso de recursos renováveis, por forma a reduzir a participação de combustíveis fósseis na matéria-prima desde o início do processo de fabrico de produtos de pintura.

 A parte da matéria-prima renovável usada é, então, alocada a uma seleção de produtos finais. A utilização de matérias-primas renováveis, neste caso biogás ou bio-nafta, significa que a linha eSense faz parte da bioeconomia.

Ao permitir que as oficinas físicas reduzam, significativamente, os tempos de secagem do produto durante o processo de reparação, a linha eSense permite uma redução considerável no consumo de energia e nas emissões de gases com efeito de estufa.

Na prática, se uma oficina usar produtos da linha eSense para reparar o equivalente a 2,5 partes da carroçaria, economiza 550g de CO2.

Graças à linha eSense, as oficinas podem, agora, usar produtos padrão, enquanto oferecem um desempenho ambiental superior.

Esta inovação também está totalmente de acordo com o desejo do consumidor final, de ser um condutor ecologicamente responsável.

Com a eSense, a BASF confirma o seu compromisso pela proteção climática, económica e ecológica.

O prémio "Pierre Potier" foi criado em 2006 por iniciativa do Ministério da Economia, Finanças  Indústria de França.

É patrocinado pelo Centro de Conferências Internacionais Maison de la Chimie e pela France Chimie, organização profissional que representa o setor químico e reconhece inovações na indústria química a favor do desenvolvimento sustentável, com aplicações que fazem parte da vida diária dos consumidores.

O objetivo é incentivar o desenvolvimento de abordagens ecologicamente responsáveis no setor.

Também pode querer ler