Standox realizou formação técnica no dia 1 de julho

No passado dia 1 de julho, iniciou-se mais uma formação técnica da Standox, nas instalações da Tintas Robbialac, representante português da conceituada marca de tintas automóvel.

Foi uma formação destinada à equipa técnica e comercial de repintura automóvel das Tintas Robbialac, no âmbito do plano anual de formação a nível EMEA da Standox-Axalta.

A formação foi da responsabilidade de Harald Klöckner, especialista e responsável internacional da formação Standox (EMEA), e de Horst Neumann, coordenador da Colour Quality da Axalta, com o apoio de João Calha, key account manager da Axalta Portugal.

Durante três dias, os profissionais da repintura da Tintas Robbialac atualizaram e treinaram os seus conhecimentos no que diz respeito a aplicação da nova tecnologia de pintura Standoblue, com o objetivo de uniformizar os procedimentos de aplicação, de forma a garantir maior rentabilidade e uma aplicação correta para evitar ao máximo a possibilidade de desvios da cor.

Uma vez que uma das grandes vantagens do Sandoblue é o seu método de aplicação, que pode ser efetuado numa única operação em 1,5 demãos sem tempos intermédios de evaporação, economizando tempo e material, esta formação foi fundamental para a atualização dos profissionais.

Foram abordadas todas as etapas de pintura do sistema base bicamada, Standoblue incluindo a escolha das pistolas de aplicação, um dos fatores que pode levar a um desvio de cor. Assim ficou claro as pistolas recomendadas pela marca Standox, onde se destaca a Sagola com a pistola 4600 Xtreme, importantes para o alcance de um resultado perfeito.

Uma vez que diferentes métodos de aplicação e espessura podem ter uma influência considerável no tom da cor, ao uniformizar o método de aplicação da equipa técnica, diminuem-se os fatores que levam a um desvio de cor.

A colorimetria foi, aliás, um dos temas abordados ao longo de toda a formação, no sentido que a indústria de reparação automóvel se encontra num processo de digitalização, onde o espectrofotómetro Genius é o ponto de partida para a correspondência digital da cor, sem necessidade de catálogos de cor.

Cada oficina decide a velocidade com que avança neste processo de digitalização. No entanto, a mensagem da Standox é clara: o futuro muito próximo passará pela utilização do Genius a 100%, que permite a obtenção de um resultado rápido, uma vez que a medição da cor e das suas nuances é feita diretamente na carroçaria, com uma precisão extraordinária.

Este tipo de ações são fundamentais, uma vez, que para além do reforço do espírito da equipa, permitem que os profissionais atualizem as componentes práticas e teóricas e acompanhem as evoluções tecnológicas da marca, de modo a garantir que as mesmas são transmitidas rapidamente aos clientes, ajudando-os a darem respostas adequadas às necessidades e exigências dos clientes finais.

Também pode querer ler